quarta-feira, 3 de julho de 2019


O “Repensando o Sagrado: Rubem Alves e a Teologia da Libertação” acontecerá nos dias 27, 28 e 29 de Agosto de 2019, no Instituto de Ciências Humanas da Universidade Federal de Juiz de Fora.

Chamada aberta para comunicações nos Grupos de Trabalho: 1. Religião e Arte; 2. Religião e Educação; 3. Religião e Política; 4. Teorias da Religião; até dia 15 de julho de 2019.

Mais informações sobre inscrições e comunicações no site:
E nas redes sociais:

O evento visa a discussão acerca da contribuição da teoria da religião de Rubem Alves. Desde a publicação de sua tese doutoral, em 1969, nos EUA, com o título "For a theology of human hope", Rubem Alves escreveu diversos estudos sobre religião e teologia. Em textos como "A gestação do Futuro" (1972), "O enigma da religião" (1975), "Variações sobre a vida e a morte" (1982), "O suspiro dos oprimidos" (1984) e "O poeta, o guerreiro, o profeta" (1990), entre outros, Rubem Alves constrói uma complexa teoria da religião, discutindo com autores clássicos das humanidades como Feuerbach, Marx, Freud, Nietzsche e Wittgenstein, e com a teologia que vem da tradição de Schleiermacher, Kierkegaard, Otto, Tillich e Bonhoeffer. Para o autor, manifesta-se na religião algo de essencialmente humano, ligado à esfera da imaginação, do corpo, do lúdico e criativo. Na religião, concretiza-se ao mesmo tempo uma aposta audaciosa e a negação do mundo como está dado: "o mundo como é não deveria ser; o mundo como deveria ser ainda não é". A religião, nesse sentido, é a "presença de uma ausência". Rubem Alves e Richard Shaull, seu professor, são, nesse contexto, considerados os principais representantes protestantes da Teologia da Libertação. Rubem Alves é ainda hoje, todavia, mais conhecido do público geral por seus escritos sobre educação. Por isso, a segunda edição de "Repensando o sagrado", evento organizado pelo Núcleo de Estudos em Protestantismos e Teologias (NEPROTES), do PPG em Ciência da Religião da UFJF, bem como pelo GPCOR do PPGCR da UFS, quer aproveitar o cinquentenário de publicação da tese doutoral de Rubem Alves para promover a discussão acerca de suas ideias e repensar suas contribuições para a epistemologia da ciência da religião. Os textos apresentados serão publicados e divulgados via ebook. Além disso, o evento abrigará a fundação da Sociedade Internacional Rubem Alves, SIRA, associação acadêmica voltada à interpretação e ampliação do legado intelectual de Alves.

Atravessando a Ponte na Companhia da Crise (Nono texto)

         “No inferno, os lugares mais quentes são reservados àqueles que escolheram a neutralidade em tempo de crise”. Dante Alighi...