Vou num vôo & Virando as páginas

Sim! Eu vou!
Vou porque preciso ir.
Vou porque me sinto mais livre assim.
Vou porque meu vôo é dos pássaros que nunca experimentaram a gaiola.
Vôo pra tornar distante os que almejam
Desestabilizar o canto do encanto.
Sim, vou num vôo pra qualquer canto.



Virar algumas páginas é difícil.
O livro está velho,
As páginas amareladas e frágeis,
Um odor fétido e irritante sobe às narinas.
Brotam os espirros.
Mas é preciso virar as páginas,
Há o risco em se rasgar cada uma delas...
Mas é preciso virá-las,
Nem que para isso, a página seja arrancada
Sei, o livro ficará mutilado,
Às vezes, é preciso transgredir...

Comentários

Postagens mais visitadas