Um Ano Novo cheio de Esperança

Leonardo Boff em seu livro Cristianismo: o mínimo do mínimo, afirma que a força do cristianismo não está na fé, mas na esperança. De fato, a esperança é a mola precursora para aqueles que vivem com vigor a experiência da existência com Deus e a respiração ofegante por um novo tempo, um novo mundo. A vida exige de nós a esperança. Aliás, viver dia-a-dia nos desafia, pois cada dia possui sua constituição inusitada. Ora, todos os dias somos lançados diante de uma série de desafios complexos que nos afrontam. Geralmente, diante desse quadro, acabamos desenvolvendo certo temor e acabamos por ceder espaço para a angústia e a inevitável desesperança. Mas é preciso dar um salto no escuro e tentar fugir dessa realidade que confronta nossa existência. O antigo adágio popular expressa: “a esperança é a última que morre”! Mas, mesmo que morra, renasce com uma nova possibilidade de vida. Infelizmente, não temos como controlar as coisas que acontecem conosco. Existem muitas esferas que fogem ao nosso controle e, na maioria das vezes, nos vemos na condição de passageiros e perdemos a possibilidade de escolher ou decidir. Quando nos deparamos com situações difíceis em nossa existência, muitas vezes nos sentimos atormentados e até perdemos o sono. Entretanto, é preciso pensar que apesar de todas as complicações da vida, temos sempre, pela graça de Deus, uma porta aberta que nos possibilita a passagem de uma realidade de desesperança para uma dimensão carregada de esperança. Aliás, nossa esperança está firmada em Jesus Cristo. Ele é o Senhor e o motivo de nossa esperança. Ele, que passou pela morte de cruz para demonstrar o grande amor de Deus para a humanidade, é o sinal histórico de que há sempre uma nova manhã, há sempre um novo dia. Enfim, é preciso pontuar que não há coisa alguma que seja impossível ser resolvida. Nenhum problema é para sempre! Nenhuma complicação persistirá por muitos anos. Sendo assim, cremos na benção de Deus nos acompanhando em todo tempo e motivando-nos a uma nova vida neste novo ano, o ano de 2012. Cremos que de uma forma especial, Deus estará conosco. Ele nos ama e se importa com nossas vidas. Portanto, não vamos esmorecer. É preciso ter esperança e viver no amor de Deus. Que Ele nos abençõe. Moisés Coppe.

Comentários

walkimar disse…
Moisés, a nossa esperança venceu a morte. Aleluia.
Sim, a realidade quer matar nossa existência, mas confiado no Cristo Ressurreto, olhamos com esperança o amanhã. Tempo de oportunidade, tempo de renascimento.Tempo de novamente plantar na esperança de colher bons e permanentes frutos.
o blog está cada vez melhor. vou divulga=lo para meus amigos por e-mail e facebook. Não posso guardar só para alguns. abração.

Postagens mais visitadas